CLIQUE AQUI E SEJA CONDUZIDA À MAIOR LOJA VIRTUAL DE BIQUÍNIS DO MUNDO.SÃO MAIS DE 5000 MODELOS!!!

CLIQUE AQUI E SEJA CONDUZIDA À MAIOR LOJA VIRTUAL DE BIQUÍNIS DO MUNDO.SÃO MAIS DE 5000 MODELOS!!!
CLIQUE AQUI E SEJA CONDUZIDA À MAIOR LOJA VIRTUAL DE BIQUÍNIS DO MUNDO.SÃO MAIS DE 5000 MODELOS!!!

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014




































O dia de comprar um biquíni

Quando os Maias citavam as tragédias na história humana, mal sabiam que tsunamis e o sol se apagar não eram nada perto de luzes brancas de provadores de loja de biquíni.
Dia 21/12/12 acontece todos os anos, no momento em que você aceita ir pra praia e percebe que não dá mais pra usar um cortininha marrom da primeira viagem da faculdade.
A má notícia: essa hora é cruel para magras, magrinhas, normalzinhas, gordas, cheinhas, pois uma maldição foi jogada em cima de lojas de biquíni que diz que ninguém nunca vai ficar bem naqueles espelhos. A boa notícia: essa lista te ensina a passar por esse momento sem grandes traumas, guardando a energia do apocalipse para quando os Ovnis invadirem a Terra.
Escolha bem o dia – Jamais deixe essa função para finais de semana, quando shoppings estão lotados (muito mais lotados na época do Natal, porque as pessoas ficam alucinadas comprando presentes). A vendedora vai estar mais stressada, vai demorar para achar as peças que você pediu e vai fazer mil viagens entre o provador e o estoque. Em todas elas vai abrir a cortina sem te avisar e falar “E aí, ficou bom?”. Ela não quer saber se ficou bom, ela quer ver se sua bunda é uma desgraça. Sempre tive a teoria de que vendedoras de biquíni são seres cruéis que comentam quando você sai da loja “Essa aí nem com drenagem mais…”.
Falando em provador – Infelizmente, você terá que abrir mão da sua loja de beach wear preferida caso ela não tenha um provador com tranca. Essa é a única dica que funciona para não ficar maluca paranóica (como eu) achando que todas as vendedoras de loja de biquíni são monstros.
Leia muito antes – Autoajuda, claro! De preferência aquelas com títulos como “Você é poderosa sim, pode acreditar!”, “A beleza vem de dentro”, “Você não precisa ser perfeita”, “Flacidez é sinal de inteligência”, “Bunda de Panicat, nós nem queríamos mesmo”, enfim, todas que encontrar e te colocarem pra cima.
Use as pessoas – parentes, amigos, namorado e amigos virtuais, porque não? Eles precisam te elogiar muito, te dizer que é linda, deusa, magnífica, única. E tudo isso só acontece se você postar uma foto fazendo bico de pato na frente do espelho, a velha tática do Instagram de se sentir melhor, que todas nós usamos. Afinal qualquer uma que coloca foto assim – vai entender porque – recebe milhões de elogios e se sente maravilhosa. O que não acontece se você posta algo inteligente ou uma foto realmente boa.
Faça uma oração – Peça para seu mentor espiritual, seja lá qual for, clarear sua mente, te dar força, dignidade, coragem para seguir em frente, afinal vai ver sua bunda numa luz branca de açougue, que deixaria a Izabel Goulart gorda, então só apelando para a fé mesmo.
Vá sozinha – Provar um biquíni é algo muito, mas muito stressante, por tudo já citado. Se levar uma amiga, talvez a amizade de vocês acabe. Se levar sua mãe, vai brigar e passar o Natal mal, irmã nem pensar, namorado não tem nada a ver com isso, só vai te achar mais louca. E muito importante, não conte pra ninguém que está indo pra essa missão, porque tem gente sem noção que pede pra você mandar foto no Whatsapp (juro que tem!).
Tenha uma alimentação regrada – Dias antes de provar o biquíni corte doces, carboidrato, refrigerante, bebida, sal e frutas. Resumindo, só respire e beba água. Mesmo assim a prova do biquíni vai ser um trauma, mas a dieta funciona pra você dar uma emagrecida pra balancear o que vai acontecer depois do provador, já que nós sabemos que você vai correr pra afogar as mágoas no Mc Donald’s, enquanto pensa que a vida é injusta e que seria mais fácil se o mundo acabasse mesmo, porque não teria que aparecer com essa barriga na frente de tanta gente.
E claro que mesmo com tudo isso o seu verão vai ser demais e é tonta quem liga pra não ter o corpo perfeito. Mas caso você não consiga superar a tragédia do biquíni, minha última dica é desligar o celular agora e só ligar ele de novo em maio, quando começarem a te chamar pro fondue. Qualquer coisa é só inventar que estava fazendo intercâmbio em Oklahoma.
Publicado no blog da revista Gloss